Rua Barão de Lucena, 81 - Fundos / Botafogo - Rio de Janeiro
Twitter Facebook Youtube

O curso propõe uma metodologia diferenciada de avaliação, tratamento e prescrição de exercícios para reabilitação e prevenção funcional do movimento, fazendo uso de evidências cientificas, biomecânica e aplicação pratica deste sistema em mais de 3000 indivíduos durante os últimos 18 anos.

As cadeias funcionais diferentemente das cadeias musculares, descritas por Godelieve e as fisiológicas, descritas por Busquet, estão relacionadas não apenas ao encadeamento muscular mas a alterações que levam a padrões de movimento alterados, que causam desgastes articulares, ligamentares e posturais, não traumáticos, mas responsáveis por dores e desgastes articulares precoces.
Pesquisas recentes demonstram que indivíduos com dores articulares e musculares possuem padrões alterados do movimento, que podem estar relacionados as cadeias funcionais devido a fatores musculares, excesso ou falta de força e/ou alongamento, predominância muscular, que segundo Sahrmann 2001,“Sabe-se que estas desordens de movimento afetam cerca de 60% das pessoas que procuram tratamento fisioterapêutico nas clínicas e consultórios”. A predominância motora ou engrama cerebral, é a forma como aprendemos a realizar um movimento, ou seja, é o nosso padrão motor, a ação dos estabilizadora globais e regionais ( locais) quando alterados ou ineficientes assim como as alterações posturais,  modificam os vetores de força muscular e com isto a ação muscular ocasiona mudanças no movimento.
O Isoflex avalia e estabelece parâmetros definidos de trabalho diferenciando cada uma destas alterações, identificando qual esta influenciando de forma primária a estrutura.

Este sistema desde 1999 têm sido aplicado de forma eficiente no diagnóstico e tratamento dinâmico de padrões posturais e desorganizações funcionais musculoesqueléticas. O Isoflex® parte do principio que temos desorganizações funcionais e posturais adquiridas no decorrer de nossas vidas  provenientes das atividades cotidianas, profissionais, esportivas ou mesmo recreativas que provocarão pequenas mudanças na organização, na força, na tensão e no tempo de contração dos músculos,  causando desalinhamentos articulares, expressos através da limitação do gesto e na falta de harmonia do movimento.

Estas desestruturações funcionais do movimento não controladas de forma consciente a principio parecem não interferir no desempenho das atividades corporais diárias contudo, provocam com o passar do tempo padrões posturais desequilibrados e patologias de origem mecânica, como artroses, tendinites, bursites, hérnias discais, coxartrose, entre outras. Os tratamentos convencionais tentam moldar o nosso gesto e mudar nossos padrões corporais através da terapia manual, conscientização corporal e do alongamento destas estruturas desequilibradas porém estas ações não bastam para resolver estes desequilíbrios funcionais pois o que molda o movimento é o trabalho de força e a ativação muscular quando utilizada de forma eficiente, consciente e especifica. Desta forma o sistema Isoflex® consegue normalizar estas desorganizações funcionais, organizando o sistema neuromusculoesquelético de uma forma local e global, dando ao gesto uma forma harmoniosa, eliminando a dor e diminuindo os desgastes articulares.

Próximas Datas Turma em andamento
Instituto Physio Studio – Botafogo – RJ |
29 e 30 Abr
Módulo I
27 e 28 Maio
Módulo II
03 e 04 Jun
Módulo III
 12 e 13 Ago
Módulo IV
23 e 24 Set
Módulo V
30 Set e 01 Out
Módulo VI

traga um ou mais amigos e ganhe descontos que podem chegar a 100% do curso;Promoções Especiais

  1. matricula antecipada ganha desconto proporcional ao tempo de antecipação;
  2. se fizer mais de um curso de forma programada tem desconto que pode chegar a 50% do valor do curso.
Inscreva-se já!

 

Faça um único curso que o capacita a trabalhar com Postura, desequilíbrios Neuromusculoesqueléticos e Miofasciais faça o Isoflex®

Desde 1997 ensinamos e formamos profissionais de destaque e esta tradição e experiência no ensino, com um índice de aproveitamento profissional de 99% ,ou seja, alunos que fizeram curso e estão inseridos no mercado  é de 99% (pesquisa realizada de outubro a dezembro de 2014.)

  1. O que e como ensinamos  é que te qualifica como um dos melhores profissionais do mercado
  2. Sistema inovador de tratamento com resultados em pouco tempo de atendimento;
  3. O Sistema Isoflex® é único e abrange das alterações posturais aos distúrbios neuromusculoesqueléticos;
  4. Objetividade e resultados comprovados em mais de 1000 avaliações e tratamentos realizados;
  5. No sistema Isoflex® trabalhamos com terapia manual, dinâmica corporal utilizando estratégias e abordagens de tratamento únicos com resultados excelentes comprovados na primeira sessão;
  6. A sistematização do Isoflex® é um dos pilares deste método que é dividido em 5 etapas ICIID ( identificação, correção, integração, intensificação e dinamização);
  7. Estagio e monitoria de 75h/a em Clinica escola.
  • Etapa de observação: (10h)
  • Grupo de Estudo: (5h)

É assim que ensinamos e é assim que você aprende a usar  a reeducação postural e o reequilíbrio neuromusculoesquelético de  uma forma ampla e eficiente.

Diferenciais

O Isoflex parte do principio que todos temos alterações funcionais e posturais e estas alterações adquiridas no decorrer de nossas vidas são provenientes das atividades cotidianas, profissionais, esportivas ou mesmo recreativas que provocarão pequenas mudanças na organização, na força, na tensão e no tempo de contração dos músculos,  causando desalinhamentos articulares, expressos através da limitação do gesto e na falta de harmonia do movimento. Estas desestruturações funcionais do movimento não controladas de forma consciente a principio parecem não interferir no desempenho das atividades corporais diárias contudo, provocam com o passar do tempo padrões posturais desequilibrados e patologias de origem mecânica, como artroses, tendinites, bursites, hérnias discais, coxartrose, entre outras.

Os tratamentos convencionais tentam moldar o nosso gesto e mudar nossos padrões corporais através da terapia manual, conscientização corporal e do alongamento destas estruturas desequilibradas porém isto não basta para resolver estes desequilíbrios funcionais pois o que molda o movimento é o trabalho de força e a ativação muscular quando utilizada de forma eficiente, consciente e especifica. Desta forma o sistema Isoflex® consegue normalizar estas desorganizações funcionais, organizando o sistema musculoesquelético de uma forma local e global, dando ao gesto uma forma harmoniosa, eliminando a dor e diminuindo os desgastes articulares.

Argumentos

Cadeias musculares e fisiológicas x Isoflex®(Cadeias Funcionais):

Quando utilizamos o conceito de cadeias musculares ou cadeias fisiológicas partimos dos seguintes princípios: que existem encadeamentos musculares que precisam ser organizados e que as vísceras, fáscias, bloqueios articulares e nosso psicoemocional influenciam nestes encadeamentos, que segundo a teoria destes sistemas, a reorganização destas cadeias garante a melhora da postura de uma forma global;  nós afirmamos que isto não garante que as alterações neuromusculoesqueléticas ou alterações funcionais como preferimos chamar e  que provocam os desarranjos artrocinemáticos foram corrigidos, pois os músculos foram organizados de forma encadeada e não de forma especifica. Um exemplo comum são indivíduos que estão com dores na cervical e cujo tratamento principal é com cadeias musculares e que depois de algum tempo em tratamento conseguimos de forma inegável a melhora destas dores porém devemos salientar que muitas vezes elas retornam e a cada vez que isto ocorre este indivíduo se torna mais limitado, o seu gesto esta limitado e geralmente fica impossibilitado de fazer diversas atividades físicas pois toda vez que o faz as dores retornam. Dentro da análise funcional do Isoflex®, uma dor cervical pode ser devido a problemas locais como uma predominâncias funcionais ou pode ser devido a ação de alguma cadeia funcional de conexão e estas devem ser tratadas localmente e depois trabalha-se toda a cadeia funcional em questão e  depois todo o corpo globalmente.

Ao utilizamos o Isoflex®, avaliamos as cadeias funcionais de forma global e local. Ao analisamos de forma local, nosso objetivo é trabalhar as predominâncias funcionais que causam os desarranjos funcionais ( neuromusculoesqueléticos) naquele ponto ou  naquela estrutura. Quando nossa análise é expandida para a globalidade observamos quais cadeias funcionais estão influenciando na desorganização local ou que estão sendo influenciadas por ela provocando dores ou desgastes em estruturas distantes, desta forma trabalhamos o especifico e o global, pois há necessidade de utilizarmos as duas visões para que ocorra uma reorganização funcional eficiente e duradoura.

Manipulações e mobilizações articulares x Isoflex® articular :

As manipulações e mobilizações articulares partem do principio que existe a necessidade de dar a articulação sua mobilidade fisiológica, esta ação é real e funciona, mas não nos garante uma organização artrocinemática funcional. Estes procedimentos garantem que a articulação esta com sua mobilidade restituída os sintomas dolorosos sessaram porém funcionalidade neuromusculoesquelética pode não estar restaurada. Podemos afirmar que a mobilidade foi restaurada o indivíduo retoma o movimento que antes era doloroso, mas isto não torna seu movimento funcional.

No Isoflex articular, utilizamos as manipulações e mobilizações como meios de restaurar o movimento, mas não paramos por aí, pois acreditamos que a mobilidade sem um bom direcionamento não adianta e é a partir disto que utilizamos de diversas técnicas para restaurar a mobilidade que denominamos de correção estática e depois damos continuidade com a correção dinâmica, a integração, intensificação e dinâmica  com intuito de reorganizar funcionalmente as estruturas articulares organizando o sistema neuromusculoesquelético e fascial de uma forma integral.

Nós não temos controle consciente do movimento articular mas podemos prover este controle através das ações musculares direcionadas.

Conceitos

Predominância funcional: Todos nós temos predominâncias funcionais e são elas que determinam, por exemplo, qual atividade física mais gostamos a forma como escrevemos, como andamos, sentamos, ela é a nossa marca individual de movimento. As predominâncias nos acompanham por toda vida e devem ser organizadas para que as sequelas geradas não levem a danos muitas vezes irreparáveis nas estruturas articulares.

Cadeias funcionais: As cadeias funcionais nos influenciam globalmente, elas influenciam nossa postura, nossa forma e nosso gesto, estão geralmente associadas as predominâncias funcionais. Um determinado músculo pode fazer parte de mais de uma cadeia funcional ele pode também ter uma ação estática e uma dinâmica.

Movimento Funcional: Ao vermos um individuo realizando um movimento seja este a nível de seus afazeres cotidianos ou para performance mesmo que estes movimentos ocorram com força, velocidade e precisão muitas vezes estão ocorrendo fora de seu eixo exato de rotação que provocarão com o tempo desgastes articulares e dor. Quantas vezes ouvimos a seguinte frase: eu faço este movimento a muito tempo e nunca senti nada, porque agora iria sentir? A resposta é simples, você executou o mesmo movimento de forma errada por muito tempo e os desgastes articulares estão presentes devido a esta falta de organização funcional e o seu corpo agora esta dando sinal de que não suporta mais todo este desgaste.

Resposta imediata: No sistema Isoflex® quando realizamos um procedimento de identificação do distúrbio funcional ou postural a resposta deve ser imediata tanto na melhora do quadro algico como na postura. O sistema preconiza identificar o distúrbio, realizar os procedimentos para a correção e com isto observar uma melhora imediata determinando assim que a avaliação e os procedimentos estão corretos.

Etapas de aplicação do Isoflex®: ICIID

Desenvolvemos uma sistematização de trabalho que ao mesmo tempo que norteia nossas estratégias de tratamento não nos deixa engessados em padrões pré definidos, este sistema é o  ICIID ( identificação, Correção, Intensificação, Integração e Dinamização) Primeiramente vêm a Identificação, que segundo Nagyidai é a parte mais importante do sistema. A partir disto vêm a Correção onde traça-se toda uma estratégia de trabalho regional (segmentar) e global  para cada indivíduo, porém aqui o objetivo é organizar. A Intensificação visa gravar o gesto para que as desorganizações encontradas não retornem durante o afazeres diários, já a etapa de Integração visa conjugar movimentos aqui iremos realizar diversas dinâmicas utilizando ou não cargas com intuito de integrar as correções realizadas a dinâmica corporal  e por fim a Dinamização que é a volta completa as atividades cotidianas onde o objetivo é aprimorar as qualidades biomotoras ( força, velocidade, explosão, equilíbrio, etc)

    1 – Identificação: É realizada uma análise detalhada dos distúrbios posturais e funcionais através de avaliações específicas estáticas e dinâmicas e um raciocínio clinico funcional bem definido que determina:

  • Raiz –  é o motivo para que estas desorganizações funcionais ocorram que pode ser devido a posturas prolongadas, hábitos diários, atividades desportivas;
  • Causas – são as desorganizações funcionais como encurtamento de determinados músculos ou a falta de força em outros seguimentos e  que ocorrem em virtude do problema raiz;
  • Consequências – são os desarranjos articulares, miofasciais e posturais visíveis, perceptivos que podem ser detectados por diagnóstico por imagem, pelo relato do paciente e que acarretam dor.

    2 – Correção: Após correta identificação determina-se quais intervenções sejam elas corretivas posicionais ou dinâmicas deverão ser adotadas, onde diversos aparatos como Banco de posicionamento, Elásticos, Bolas, Bastão de equilíbrio, Bastão comum,Corretor de coluna, Escova, Adjust hammer, Cunhas, Rolos miofaciais, medicine ball, pesos, entre outros são utilizados.

Esta etapa é dividida em:

  • Etapa Corretiva Posicional (musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral);
  • Etapa de correção Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização);
  • Etapa de correção Neuromotora (alongamento dinâmico, alongamento estático, fortalecimento isométrico, fortalecimento dinâmico, equilíbrio, coordenação).

    3 – Integração: Após a etapa de correção há necessidade que as regiões onde haviam distúrbios funcionais  sejam integradas com todo o corpo de uma maneira funcional e dinâmica.

  • Integração regional
  • Integração global

    4 – Intensificação: Depois que a etapa de integração foi implementada e as respostas desejadas alcançadas devemos iniciar a fixação neuromuscular intensificando os novos engramas motores.

  • Movimentos uniplanares;
  • Movimentos multiplanares;
  • Movimentos com sobrecarga. 

    5 – Dinamização: Nesta etapa estaremos trabalhando todas as valências biomotoras ( força, velocidade, flexibilidade, resistência, etc) contudo mantendo as correções necessárias para a boa manutenção dos novos engramas motores desenvolvidos e todas as organizações funcionais e posturais adquiridas.

Organização do curso  é realizado em 6 módulos de final de semana dividido em duas etapas conforme conteúdo abaixo – 220h/a

  1. Módulo I – Isoflex® Postural;
  2. Módulo II – Isoflex® Cintura Pélvica e Quadril ;
  3. Módulo III – Isoflex® Cintura Escapular e Úmero;
  4. Módulo IV – Isoflex® Unidade Inferior e Unidade Superior;
  5. Módulo V – Isoflex® Coluna ;
  6. Módulo VI – Isoflex®Avaliação Final;

Conteúdo Programático

Têm como característica atividades mais dinâmicas e a biomecânica de todo o sistema Isoflex®. Nestas etapas você aprenderá como avaliar, determinar o tipo de intervenção ideal para o distúrbio que esta sendo analisado e como fazer sua estratégia a partir deste conhecimento. São ensinados algumas técnicas manuais para auxiliar na organização e estruturação do sistema neuromusculoesquelético.

Módulo I – Isoflex® Postural

Nesta etapa abordaremos as ações das cadeias funcionais e sua biomecânica das mesmas, bem como a diferenciação entre as diversas escolas de cadeias musculares.

  • Princípios do Isoflex
  • Histórico das cadeias musculares
  • Diferenciação entre as diversas escolas de cadeias musculares
  • O que são cadeias funcionais e como elas agem no nosso corpo
  • Biomecânica das Cadeia funcionais:
    • de Conexão Crâneo-Podal
    • de Conexão Antero-Posterior
    • de ConexãoTronco-Apendicular
    • de Conexão Flexora
    • de Conexão Extensora
    • de Abertura e de Fechamento
    • Obliqua anterior e Posterior
  • Avaliação das Cadeias Funcionais –
    • Avaliação dinâmica
    • Avaliação estática
  • Tratamento das Cadeias Funcionais
    • Posturas Globais
    • Atividades especificas de organização das cadeias funcionais

Módulo II – Isoflex® Cintura Pélvica

Nesta etapa estaremos trabalhando de forma cientifica e prática como avaliar, organizar as alterações funcionais musculoesqueléticas que causam com o passar do tempo distúrbios de movimento que geram dor e desgastes articulares precoces.

  1. Fisiologia e Fisiopatologia do movimento
    • Análise biomecânica dos músculos da pelve e quadril
    • Tipos de desorganizações funcionais do Quadril:  Expulsivo, Penetrante, Anterior, Adução, Abdução
    • Tipos de desorganizações funcionais da pelve: Ilíaco: antevertido, retrovertido
    • Predominâncias funcionais mais comuns na região
  2. Estratégias de tratamento utilizadas no Isoflex®
    • Etapa de Identificação – avaliação e testes específicos para identificar as alterações funcionais
    • Etapa de Correção
      • Manipulativa ( musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral)
      • Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização)
      • Estimulação Neuromotora ( alongamento, fortalecimento, equilíbrio, coordenação)
    • Etapa de Integração
    • Etapa de Intensificação
    • Etapa Dinamização

Módulo III – Isoflex® Cintura Escapular – Recuperação Funcional Regional da Cintura Escapular ( Escapulas, Úmero e Clavícula)

  • Fisiologia e Fisiopatologia do movimento
    • Análise biomecânica dos músculos envolvidos nas ações da cintura escapular e cervical
    • Tipos de desorganizações funcionais das escapulas: Abduzida, Aduzida, Elevada, Deprimida, Rodada internamente, Rodada externamente, Inclinada Anteriormente e Alada
    • Tipos de desorganizações funcionais da cintura escapular que afetam diretamente a região cervical
    • Tipos de desorganizações funcionais do Úmero: superior, deprimido, Rodado internamente, Rodado Externamente, Abduzido,
    • Predominâncias funcionais mais comuns na região
  • Estratégias de tratamento utilizadas no Isoflex®
    • Etapa de Identificação – avaliação e testes específicos para identificar as alterações funcionais
    • Etapa de Correção
      • Manipulativa ( musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral)
      • Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização)
      • Estimulação Neuromotora ( alongamento, fortalecimento, equilíbrio, coordenação)
    • Etapa de Integração
    • Etapa de Intensificação
    • Etapa Dinamização

Módulo IV – Isoflex® Unidade Inferior e Superior  

– Recuperação funcional regional dos membros inferiores

  • Fisiologia e Fisiopatologia do movimento
    • Análise biomecânica dos músculos dos membros inferiores
    • Tipos de desorganizações funcionais do Joelho:  Descentragem anterior, posterior e rotacional
    • Tipos de desorganizações funcionais das articulações do tornozelo
    • Tipos de desorganizações funcionais do pé e dedos
    • Predominâncias funcionais mais comuns na região
  • Estratégias de tratamento utilizadas no Isoflex®
    • Etapa de Identificação – avaliação e testes específicos para identificar as alterações funcionais
    • Etapa de Correção
      • Manipulativa ( musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral)
      • Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização)
      • Estimulação Neuromotora ( alongamento, fortalecimento, equilíbrio, coordenação)
    • Etapa de Integração
    • Etapa de Intensificação
    • Etapa Dinamização

 – Recuperação Funcional Regional dos Membros Superiores

  • Fisiologia e Fisiopatologia do movimento
    • Análise biomecânica dos músculos envolvidos nas ações dos membros superiores
    • Tipos de desorganizações funcionais do cotovelo (Fletido, Extensão, Rotação medial, Lateral, valgo e varo)
    • Tipos de desorganizações funcionais do punho ( Flexão, Extensão, devio ulnar, desvio radial, pronação e supinação)
    • Tipos de desorganizações funcionais da mão
    • Predominâncias funcionais mais comuns na região
  • Estratégias de tratamento utilizadas no Isoflex®
    • Etapa de Identificação – avaliação e testes específicos para identificar as alterações funcionais
    • Etapa de Correção
      • Manipulativa ( musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral)
      • Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização)
      • Estimulação Neuromotora ( alongamento, fortalecimento, equilíbrio, coordenação)
    • Etapa de Integração
    • Etapa de Intensificação
    • Etapa Dinamização

Módulo V – Isoflex® Coluna – Recuperação Funcional Regional Coluna Lombar, Dorsal e Cervical

  • Fisiologia e Fisiopatologia do movimento
    • Análise biomecânica dos músculos envolvidos nas ações da coluna
    • Tipos de desorganizações funcionais da coluna lombar ( Flexão, Extensão, inclinação lateral, Rotação, Ritmo lombo pélvico
    • Tipos de desorganizações funcionais da torácica ( Flexão, Extensão, Inclinação Lateral, Rotação, Bascula superior, Bascula Inferior, Abertura e Fechamento)
    • Tipos de desorganizações funcionais da cervical ( Projeção anterior, Projeção Posterior, Inclinação Lateral, Rotação)
    • Predominâncias funcionais mais comuns nas regiões
  • Estratégias de tratamento utilizadas no Isoflex®
    • Etapa de Identificação – avaliação e testes específicos para identificar as alterações funcionais
    • Etapa de Correção
      • Manipulativa ( musculoesquelética, miofascial, neurodinâmica e visceral)
      • Cognitiva (inibição, facilitação, aprendizado, organização)
      • Estimulação Neuromotora ( alongamento, fortalecimento, equilíbrio, coordenação)
    • Etapa de Integração
    • Etapa de Intensificação
    • Etapa Dinamização

Módulo VI – Avaliação Final

 

Estagio Discente Supervisionado em Clinica Escola (75h)

Tem como objetivo principal melhorar o raciocínio clinico e a pratica de atendimento. É dividido em 3 etapas

  • Etapa de observação: Você vai observar como os nossos profissionais trabalham, a forma como eles atendem, vai acompanhar o dia a dia destes profissionais para se ambientar com o Sistema Isoflex® bem como aprender as abordagens de avaliação, as estratégias de tratamento, raciocínio clinico  utilizados (10h)
  • Etapa de atendimento entre discentes: Você inicia o processo atendendo um ou mais de seus colegas de turma  objetivando o raciocínio clinico, prática de avaliação e de atendimento manipulativo e depois passa para o atendimento Discente. (20h)
  • Atendimento Discente: O estagio é colocar a mão na massa é atender e participar ativamente  aplicando o Sistema Isoflex® tendo a oportunidade de acompanhar a evolução dos pacientes, sempre supervisionado por profissional experiente no Sistema Isoflex®.(40h)
  • Grupo de estudo (5h)
    • São realizados semanalmente para discutir e elucidar dúvidas referentes as técnicas e avaliações utilizadas.

Mais informações: (21) 3902-2312 / (21) 3079-8463

Prof. Titular: André Nagyidai –

Análise do negócio

O Sistema Isoflex® é um trabalho diferenciado no quesito melhora da dor, pois um dos pilares é a diminuição do quadro algico em cada sessão, isto faz com que o cliente realize comparações entre este sistema e os demais e opte em permanecer neste pois sua eficacia é impressionante facilitando a sua comercialização. Outro ponto forte é a utilização da dinâmica como tratamento. Diferente do RPG tradicional e os demais trabalhos de cadeias musculares, o Isoflex® usa o movimento como forma principal de tratamento fazendo com que o paciente não sinta-se incapaz ao mesmo tempo que ele percebe que esta trabalhando o corpo de forma geral e que seu movimento esta melhor a cada sessão. A alta do paciente ela é realizada de forma gradativa fazendo com que este saia do tratamento individual, passe para o grupo que pode ser aulas de Pilates, Treinamento Funcional ou qualquer outra atividade onde o paciente continua inserido em seu negócio e depois para a musculação se ele assim desejar, mas com um acompanhamento quadrimestral.

Ponto de vista técnico

Inovador e surpreendente, estes são os adjetivos que fazem jus ao sistema, pois a melhora imediata aliada a continuidade desta melhora e o pequeno índice de reincidências faz com que o Isoflex® seja um dos sistema de tratamento e organização neuromusculoesquelético mais eficientes que existem. As bases deste sistema são muito sólidas pois foram organizadas e elaboradas através de estudos e experimentações durante 15 anos e da ao terapeuta a diferenciação entre consequência (podemos dizer que são os desgastes e dores musculares e articulares) a causa ( é o que leva as consequências, o distúrbio que ocasionou as dores, esgastes ou alterações posturais) e a raiz ( que é o foco inicial que esta causando todas as consequências observadas e esta raiz pode ser um padrão de movimento que se repete ou mesmo um padrão de postura que não muda e que causa desorganizações funcionais que tem como consequência os desgastes articulares e dor).

Nossas Credenciais

A Physio Studio sempre preocupada com a qualidade de seus cursos de formação possui certificações, credenciais e reconhecimento em território nacional.

  • Somos  credenciados pela ABPF (ABPF número 01/2007) – Associação Brasileira de Pilates Fisioterapêutico, que certifica todos os cursos voltados para profissionais de fisioterapia. http://sites.google.com/site/abpfpilatesfisioterapeutico/
  • Registro no CREFITO 2
  • Credenciados pelo Instituto Nacional de Recuperação Neuromusculoesquelética

Nossos Diferenciais e Credibilidade

A Physio Studio é uma das escolas pioneiras nos cursos de formação no Método Pilates, no Treinamento funcional, Trabalho Postural Dinâmico e a primeira na recuperação funcional musculoesquelética do Brasil, sempre inovando e ditando tendências.

Fomos os primeiros no Brasil a implantar:

  • Flex Pilates – Alongamento, força e Postura em uma única aula equilibrada e que atende a necessidade de indivíduos de diversas idades e distúrbios posturais.
  • Gravity System – Treinamento de força utilizando a gravidade, peso corporal e cargas complementares e o Método Pilates – Mais uma novidade trazida ao Brasil pela Physio Studio
  • PST – Pilates Suspenso – que hoje é ministrada por diversas escolas que tiveram este curso como inspiração
  • Yogalates® – Pilates + Yoga – o único no Brasil com credencial para ministrar este curso.
  • CORE Pilates – Treinamento Fisioterapêutico Funcional é uma inovação no trabalho fisioterapêutico e treinamento funcional, onde utilizando os fundamentos e princípios dos método Pilates, juntamente com as rotinas do treinamento funcional e os conceitos do Isoflex (fisioterapia funcional musculoesqueletica) promove-se o tratamento, prevenção, trabalho muscular intenso  promovendo a qualidade de vida e saúde.
  • Treinamento Desportivo aplicado ao Método Pilates – hoje é parte integrante de diversos cursos de Pilates por todo o território nacional.
  • Ministrar em um único curso de Pilates o repertório de movimentos clássico e moderno do Método  – esta é uma conformidade das normas internacionais de formação do Método Pilates. Temos alunos credenciados  pela PMA, após se submeterem as provas de capacitação que trabalham legalmente nos EUA, Israel, França, Portugal e outros países
  • Pilates na reabilitação, com o Pilates Clinico – que trouxe inovação na área de formação no método Pilates para fisioterapeutas
  • Implantamos a revisão continuada – onde alunos com formação Master, em qualquer um de nosso cursos têm livre acesso para fazer revisões, de cursos que já obteve certificação, estando sempre atualizado com as tendências, inovações e pesquisas na área da fisioterapia e treinamento desportivo
  • Isoflex® – Recuperação Postural e Funcional Musculoesquelética – Sistema que inova a forma de tratamento e avaliação dos distúrbios posturais e musculoesqueléticos através de uma abordagem cientifica com parâmetros biomecânicos e cinesiológicos precisos, onde o tratamento e sua maior parte é realizada através da dinâmica.
  • Banco de oportunidades profissionais – faz um link entre os que procuram por profissionais com capacitação, com os profissionais com formação.
  • Pilates na Plataforma Vibratória – repertório do Mat Pilates adaptado a plataforma vibratória
  • Pilates Postural – Utilizando o sistema Isoflex® de avaliação com todo o tratamento feito dentro dos studios de Pilates sem que haja necessidade de terapia manual mas a aplicação de movimentos que irão trabalhar a forma e o gesto do movimento.
  • Pilates Neurodinâmico – Tratamento dos distúrbios neurais através da mobilização neural dinâmica utilizando os equipamentos do Pilates

Nossa Estrutura para os Cursos e Profissionais

  • Studio de Pilates com equipamentos modernos e de alto nível,  da Linha New Pilates : www.newpilates.com.br
  • Studio para treinamento fisioterapêutico funcional Core Pilates® com diversos equipamentos e acessórios exclusivos numa área de 80m²
  • Profissionais presentes como palestrantes em diversos congressos ( Congresso internacional de Fisioterapia, Congresso internacional de Terapia Manual, Congresso de Coluna, entre outros.
  • Diversas empresas, Studios de Pilates e planos de saúde  pelo Brasil, só aceitam alunos formados e credenciados pela Physio Studio
  • Todos alunos para aprovação passam por prova teórica e prática onde deve ter aproveitamento mínimo de 75%

Nós realmente diferenciamos você no mercado de trabalho, dando materiais inovadores com tendências de mercado.

 Professor Titular e Coordenador de Pós Graduações( Latu Senso)

Dúvidas e comentários

Entre em contato: 21-39022312 ou 21-30798463 

Whatsapp – 21-971009637

Ficou com alguma dúvida sobre o conteúdo do curso ou sobre as datas disponíveis?
Clique aqui para enviar uma mensagem e lhe retornaremos rapidamente.

voltar para a lista de cursos